O que fazer em Fernando de Noronha

  • 0

O que fazer em Fernando de Noronha

Ficamos 6 noites em Fernando de Noronha na Pousada Mar Aberto. Existem pacotes de turismo onde mesclam FN com Recife ou Natal, deixando pouquíssimos dias para FN, eu não recomendo. Achei 5 dias/6 noites perfeito ou talvez 6 dias em FN.

Segurança, organização, limpeza da ilha, hospitalidade e empatia da população local nos deu a impressão de estarmos em outro país, passeamos à noite nos sentido seguros e felizes.

No dia que chegamos, já eram 16hs, fomos conhecer o centro e ver o pôr-do-sol na praia da Conceição. No centro da vila (na beira da BR363, estrada principal da ilha) tem um centro de informações turísticas. Ali nos informamos sobre os passeios e programação das palestras no projeto Tamar. Descobrimos que naquela noite haveria a palestra sobre os tubarões, pegamos um táxi e fomos para lá, jantamos no restaurante Cheiro Verde (muito boa comida e preço abaixo da média na ilha) em frente ao projeto Tamar e logo depois fomos para a palestra. Achei ótima pois perdemos o medo dos tubarões!

baia-do-sancho-acesso-trilha-fernando-de-noronha

1 dia – Tur completo pela ilha (Ilhatur) com direito a pôr-do-sol e a noite assitir palestra no projeto Tamar (a melhor é a do tubarão).

2 dia – Tur Completo de barco no lado continental (de dentro) da ilha + aquasub + almoço e mergulho privado de snorkel no final à procura do tubarão.

3 dia – Dia na praia do porto de santo Antônio (assitir a procura pela tartaruga marinha do projeto Tamar) e mergulho de snorkel no barco afundado (com guia) e na costa. Repetimos no final o passeio de prancha puxado pela lancha e o mergulho de snorkel com guia atrás do tubarão.

projeto-tamar-fernando-de-noronha-tartaruga

4 dia –Aproveite para curtir a Praia do Cachorro pela manhã e a tarde vá para a praia do Atalaia (trilha).praia-do-cachorro-fernando-de-noronha-praia-do-atalaia

5 dia – Passamos o dia curtindo a praia da Conceição.

TOUR COMPLETO PELA ILHA (dia inteiro)- fechamos o pacote em nosso hotel e saímos cedo através da operadora para a praia do Boldró em frente ao projeto Tamar onde realmente começa o passeio. Fomos num carro 4×4 sentados na parte de trás com mais turistas. O passeio é divertido, com diversas histórias e lindo. Valeu a pena. DICA: leve boné, protetor solar, sapato de praia ou papete, taolha, lanche, água, snorkel e óculos.

E-S-P-E-T-Á-C-U-L-O, nossa primeira parada foi na BAÍA DO SANCHO, mais uma vez eleita no tripadvisor como a praia mais bonita do mundo! É realmente imperdível, as cores dourada e vermelha da areia, cinza das rochas, verde da vegetação e azul do mar impressionam! Nesta parada de quase 2 horas, após passarmos pela quiosque da entrada da Parque Econoronha (R$82,00 para brasileiros a entrada, crianças são isentas até 12 anos) onde tem loja, banheiros e bar, caminhamos por uma trilha numa passarela de madeira tipo deck e ao final nos deparamos com uma vista deslumbrante da baía do sancho e dos Porcos, as ilhas Dois Irmãos e cacimba do Padre! Para a Baía do Sanchos, primeiro descemos as falésias através de uma escada íngrime na fenda da rocha. Cuidado para não escorregar e/ou bater a cabeça! A Sofia, na época com 6 anos fez todos os passeios e caminhadas sem problema nenhum! Ficamos uma hora nesta baía, nós, mais alguns poucos turístas e um monte de lagartos pretos pequenos! Que praia maravilhosa para curtir e mergulhar de snorkel, muitos peixes, corais, água muito transparente com grande visibilidade. Depois de ficarmos ali durante uma hora, fomos conhecer com nosso guia as praias da BAIA DOS PORCOS e CACIMBA DO PADRE. Fomos de carro, mas é bem perto. Caminhamos pelas areias da praia da Cacimba e e depois passamos pelas pedras até a Baia dos Porcos. Tudo muito lindo, mas na Baia dos Porcos, dependendo da maré, é difícil mergulhar e se divertir (por causa das pedras), mas vale cada minuto. Depois destas praias maravilhosas, fomos levados para almoçar no restaurante Cheiro de Verde, para nosso prazer, é claro! Após o almoço, rumamos para a BAIA DO SUESTE, mas tivemos azar, pois o mar estava muito agitado e turvo e com muita vegetação morta, por isso decidimos não mergulhar aqui desta vez e ficamos curtindo no deck do quiosque do Parque.

Mais tarde fomos conhecer a PRAIA DA CAIEIRA E O BURACO DA RAQUEL e suas lendas. Ouvimos mais algumas histórias interessantes de nosso guia e ficamos ali curtindo o museu dos Tubarões, a vista, o gramado e descansando.

No final, terminamos nosso passeio no mirante do Boldró vendo o pôr do sol!

PASSEIO DE BARCO pelo lado de Dentro da ilha – Imperdível e obrigatório! Saímos pela manhã no porto da baía de Santo Antônio (tem que mostrar o ingresso do Parque Nacional Marinho) e fomos em direção às ilhotas do norte (inacessíveis a pé) onde é certo que verás muitos golfinhos, eles seguem o barco durante muitos metros (os golfinhos não estarão posando para fotos, estarão protegendo os filhotes para o barco não passar por cima deles). Vale muito a pena ver a ilha de outro ângulo. Existem vários barcos que fazem esse passeio, por exemplo, o Barco Trovão dos Mares (R$230,00) é mais caro, mas servem almoço no passeio, então será mais econômico e o passeio de plana sub está incluso (na volta). As crinaças pagaram o valor de R$115,00. Por isso acabamos fechando com eles e gostamos muito. No final ainda fizemos um mergulho privado de snorkel com 1 marinheiro e guia do barco e fomos atrás dos tubarões.

Passamos pelas Praia do Cachorro, Praia da Conceição, Praia do Boldró, Praia do Americano, Praia do Bode, Praia da Cacimba do Padre, Baía dos Porcos e Baía do Sancho, Baia dos Golfinhos e Ponta da Sapata.

Ficamos bastante tempo na baía do Sancho, alí o catamarã ancorou e almoçamos. Você pode curtir o mar, mergulhamdo de snorkel e se quiser pode usar o colete salva-vidas para nadar naquele mar maravilhoso. Vimos no meio dos corais, um polvo e diversos tipos de peixes no meio daquele tom de azul profundo.

Plana Sub – Gostamos muito! Você se segura numa prancha de acrílico enquanto é rebocado por um barco. Parece simples, mas é um dos mais legais da ilha. A chance de ver golfinhos também existe, mas é baixa. Mas é quase certo que verás tartarugas e arraias! Gostamos tanto que fizemos 2 vezes.

No final fomos, eu e minhas filhas, mergulhar de snorkel com o guia do catamarã em um barco menor. Ficamos uma hora dentro d’água. Foi maravilhoso e vimos tubarões!

Projeto Tamar – Programação de Palestras – todos os dias às 20hs – grátis

2ª feira – Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha 
3ª feira – As Tartarugas Marinhas e o Projeto Tamar
4ª feira – Golfinhos Rotadores
5ª feira – Vivendo Noronha
6ª feira – Tubarões
Sábado – As Tartarugas Marinhas e o Projeto Tamar
Domingo – Projeto Meros do Brasil

Todas as 2ª e 5ª feiras, os turistas podem acompanhar gratuitamente a atividade de monitoramento de tartarugas marinhas, através de captura intencional para marcação e biometria na praia do porto.

Link Projeto Tamar – http://www.tamar.org.br/centros_visitantes.php?cod=7

Taxa de Preservação Ambiental

Fernado de Noronha

San Andrés – Colombia


Leave a Reply