O que fazer na ilha de Providencia e Santa Catalina no Caribe colombiano

  • 0

O que fazer na ilha de Providencia e Santa Catalina no Caribe colombiano

Voltei apaixonada por esta ilha, pois ela junta todos os predicados: descanso, beleza natural, preços bons, hospitalidade e mar fantástico com a terceira maior barreira de coral do planeta.

mar-sete-cores-providencia-colombia-ecoturismo-passeio-barco

Todos as pousadas são simples, não tem nenhum grande hotel, inclusive a rede Decameron tem apenas pousadas nesta ilha.

cabanas-agua-dulce-providencia-pousada

Infelizmente ficamos pouco tempo, veja como foi nosso roteiro:

1– Volta a ilha de barco particular, passeio feito apenas para nossa família. (COB 300.000,00). Inclui Cayo Cangrejo, Manzanillo, Agua Dulce, ponte dos Namorados e cabeça de Morgan.

praia-southwest-suroeste-providencia-lancha-passeio-barco

2– Passeio de carro de golf em volta da ilha passando em todas as praias. (COB 80.000,00/ 5hs)

ilha-providencia-manzanillo-praia-colombia-mar-sete-cores

3- Observar as estrelas a noite.

 ilha-providencia-mergulho-caribe-colombia-mar-sete-cores

4- Ir a praia de Manzanillo e Almond Bay, são as melhores.

santa-catalina-providencia-colombia-ecoturismo-manzanillo-praia

5-Passear no entorno da ponte dos Namorados que cruza para a ilha Santa Catalina onde tem o forte do pirata Morgan. Aproveite para fazer snorkeling próximo a cabeça de Morgan.

ponte-namorados-santa-catalina-providencia-colombia

A baixa estação tem grandes vantagens nas viagens, você é sempre um cliente VIP, isto é, você consegue fazer up grade de graça no hotel, ser muito bem atendido nos restaurantes, negociar bons preços nos passeios. Isso tudo aconteceu conosco em Providência! Ficamos na Pousada Agua Dulce onde fomos muito bem atendidos pela dona do hotel, além disso, no terraço do hotel, em frente ao mar, curtimos o pôr-do-sol e curtimos as estrelas à noite, e que céu!

santa-catalina-providencia-colombia-ecoturismo-passeio-barco

PASSEIO DE BARCO CONTORNANDO TODA ILHA de 17km2 – No nosso primeiro dia em Providência, decidimos fazer o passeio de barco, mas não queríamos entrar nas excursões tradicionais onde eles decidem onde vamos e quanto tempo ficaremos em cada lugar. Como estávamos em 5 pessoas, muitas vezes negociar um passeio privado pode custar quase o mesmo que uma excursão e foi o que aconteceu. Por isso pedimos para o taxista nos levar para o píer em frente a ilha de Crab Cay (Cayo Cangrejo). Chegando lá, ele nos apresentou para um barqueiro e começamos a negociar, mas em seguida apareceram mais 2 que começaram a “brigar” para ter-nos como clientes (coisas de baixa temporada, hehehe). De certa forma foi bom, pois podemos escolher olhando o barco, o preço e a postura de cada um. Fechamos o passeio privado para dar a volta na ilha com duração do dia inteiro por 300.000,00 COB. O passeio em excursão valia 50000COB/pessoa o que daria quase o mesmo valor. Fomos para Crab Cay e ficamos lá o tempo que desejamos, quase sozinhos: mar maravilhoso, muito transparente, um azul fantástico, fizemos 2 volta na ilha de snorkel, diversos peixes e corais, nas proximidades do trapiche também tinha muito peixe. A taxa ecológica é paga por acesso a ilha e custa 14800COB e crianças pagam meia entrada. Seguimos o passeio para o sul e fomos para 2 ilhotas de rochas onde vivem o Albatroz, durante o trajeto e na própria ilha sempre nos surpreendemos com as cores do mar (dizem que são 7, mas eu acho que são mais tons de azul). Nosso guia foi passando pelas praias, contando algumas histórias e dando dicas de passeios para voltarmos por terra no dia seguinte. Paramos na praia de SouthWest (suroeste) para almoçar no restaurante Divino Nino. Almoço maravilhoso, lugar muito gostoso, cheio de cadeiras e redes para descanso e mar sem onda, a diferença é que neste lado da ilha (oeste) o mar não é azul (devido ao tipo de solo) como no lado leste (crab cay), com exceção da praia Almond Bay. Depois seguimos o passeio passando por outras praias até a cabeça de Morgan na ilha de Santa Catalina, ali nosso barqueiro, nos largou no mar para fazer snorkel a favor da correnteza e foi acompanhando, fizemos uns 200 metros de mergulho e foi fantástico, inclusive, em nossa opinião, melhor que em Crab Cay. Recomendo muitíssimo um snorkel privado ali, vimos muitos corais e peixes! Terminamos o passeio passando pela ponte dos Namorados que liga as 2 ilhas e voltando ao píer. Ao retornarmos ao hotel, fomos para a piscina e depois fomos assistir o pôr-do-sol. Após o jantar, voltamos ao terraço em frente ao mar para ver as estrelas! E que céu, simplesmente fantástico!

ilha-providencia-mergulho-cabeca-morgan-santa-catalina-mar-sete-cores

VOLTA NA ILHA DE CARRO DE GOLF – No dia seguinte alugamos um Mule Kawasaki por 80000COB por 5 horas e fomos dar a volta na ilha de carro. Primeiramente fomos para a praia de Manzanillo, A-M-A-M-O-S. Cheia de sombras de coqueiros, balanços, cadeiras, um bar Raggae, e mar deliciosamente calmo e transparente! Ficamos um pouco, mas tínhamos vontade de passar o dia ali. Seguimos nosso passeio e fomos conhecer a ilha de Santa Catalina a pé e almoçar. Achamos um restaurante conhecido como Bambu, mas na placa está escrito Sea Star (confuso) e comemos o melhor chevice que já provamos e repetimos a lagosta (é muito barato comer lagosta na ilha). Nos faltou tempo para conhecer a praia de Almond Bay que nos pareceu, ao passar de barco no dia anterior, maravilhosa. Pena que o tempo acabou. Ainda deu tempo para vermos no meio dos arbustos um lagarto azul! Como disse no início, devia ter ficado mais tempo neste lugar, Acho que 4 dias seria prefeito!

ilha-providencia-lagarto-azul-colombia-mar-sete-cores

Em ambas ilhas sempre nos sentimos muito seguros, em nenhum momento ameaçados ou com medo de algo.

santa-catalina-providencia-colombia-ecoturismo

Leia mais sobre San Andres e ilha de Providência nos links abaixo:

 

 

 

 

 

 


Leave a Reply